Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

a nuvem cor de rosa

a nuvem cor de rosa

Bacon caseiro

PicsArt_02-02-07.16.53.jpg

 

Olá!

O bacon é um ótimo aliado nos nossos cozinhados. Dá um sabor delicioso aos nossos ovos de pequeno almoço, fica delicioso a acompanhar legumes variados no forno, etc., etc. 

Por isso, decidi pôr mãos à obra e fazer o meu próprio bacon. Assim tenho a certeza de que não contém açúcar, nem aditivos desnecessários. 

 

Fiz uma pequena quantidade porque tive receio que não ficasse bem e também porque não sabia quanto tempo iria durar em condições no frigorífico. 

 

O primeiro passo é preparar a mistura com a qual vamos temperar a nossa barriga de porco. Num prato juntei:

4 colheres de sopa de sal

3 dentes de alho bem picadinhos

1 colher de sobremesa de colorau

1 colher de sobremesa de tomilho

1 colher de sobremesa de pimenta preta moída 

3 folhas de louro partidas

1 colher de sobremesa de coentros em pó 

PicsArt_02-02-07.18.12.jpg

Depois de tudo muito bem misturado, limpei a carne com um toalhete de cozinha, para lhe retirar a humidade, e esfreguei-a muito bem com a mistura. De seguida, enrolei a carne em película aderente, de modo a que pudesse descansar no frigorífico sem passar cheiros. Na verdade, ela vai ter que ficar 7 dias no frigorífico, sendo virada diariamente. Durante estes dias, a carne vai ficando mais dura e mais desidratada. 

PicsArt_02-02-07.19.31.jpg

Ao fim deste tempo, é hora de a passar por água, para lhe retirar o excesso de sal, limpando-a novamente com toalhete de cozinha. 

A última etapa é levá-la ao forno. Com a temperatura baixa, cerca de 90º, durante 2 ou 3 horas, virando a carne a meio do processo. No fim, cortei em tirinhas, guardei numa caixa no frigorífico e agora é só servir-me de um bacon saboroso e sem aditivos. 

O resultado é bom, o processo não é muito trabalhoso e acho que está na altura de repetir... 

 

Espero que façam o vosso próprio bacon e que apreciem tanto quanto nós cá em casa. 

 

Abracinhos dos meus, 

Catita.